Não Precisa Dizer

“Confesso que me dá uma saudade irracional de você. E tenho vontade de voltar atrás, de ligar, de te dizer mil coisas, e cair em suas mãos, sem me importar com nada, simplesmente entregar-te meu coração. Mas não, renuncio, me controlo e digo para mim mesmo que não é assim, que não pode ser, que você se foi, e não volta.”
Caio Fernando Abreu.

12/05/2018

Anúncios

Orgulho Define

Não quero parecer texto de Facebook, muito menos aqueles em que a pessoa fica se vangloriando sobre determinada coisa. Muito pelo contrário. Não fiz mais que a minha meta para o começo do ano.
O ano passado terminou da pior maneira possível para mim. Então decidi que eu colocaria metas, pelo menos no primeiro semestre do ano. E consegui.
Aliás, estou conseguindo. Depois de tantas coisas ocorridas, achei que não seria forte o suficiente para correr atrás dos meus sonhos…
Nunca fui fanática por estudos (bem pelo contrário). Esforçada podemos dizer.
Eu lembro que você me apoiava em todas(quase) as minhas decisões. Só que você estava lá para eu poder contar todas as minhas vitórias ou derrotas.
Essa semana, depois de longos dias estudando e trabalhando como você mesmo sabe, eu corri atrás dos meus objetivos, plantei as sementes que faltava na minha vida. Eu, bem com a minha sinceridade fiz o que tinha que ser feito. Confesso que não me dediquei da forma que eu gostaria. Eu tive problemas em casa (dos meus pais), o de sempre mesmo como você sabe, mesmo assim não deixei me abater.
Eu estava extremamente ansiosa, só que naquele momento parece que tudo desapareceu: até mesmo você dos meus pensamentos. Apenas lembrei: Já deu certo. Com muita calma e leveza realizei minha primeira prova do concurso. Você sabia que era muito importante para mim. Acho que de alguma maneira, de algum lugar você estava sabendo que “já deu certo”. Só eu que não sabia.
20 dias de muita espera e angústia. Você sabia que não sei esperar nada. “Tudo é para ontem”.
Moral da história é que eu queria dividir com você a minha alegria do resultado. Queria pode te abraçar bem forte e chorar, como sempre fiz só que de alegria. Queria poder te beijar entre sorrisos e comemorar como nunca. Eu sei que isso ia acontecer… Você era meu porto seguro. Você me inspirava confiança, me abraça de maneira que eu sentia a sua força passando em mim. Tanta coisa eu queria te dizer, e agora não posso. Você não deixou isso acontecer. Eu só queria mesmo…
No meio de tantas palavras grosseiras, sei que o”ego” ia me fazer muito bem te olhar e dizer: eu sou capaz sem você. Eu sou muito mais do que tudo aquilo que gritou pelos corredores dizendo que sou.
Além da minha maior alegria, eu queria sim esfregar na sua cara que você não merece nada meu, nem mesmo as minhas alegrias ou tristezas.
Talvez você não vai ficar feliz de maneira alguma quando saber como estou (ótima) sem você. Que agora eu sei que quero tudo, que posso tudo, porquê o céu é limite para aqueles que sonham (diferente de você).
É que as vezes a gente precisa deixar ir aquilo que não nos pertence, para que coisas boas aconteçam. Para que a gente consiga enxergar o mundo (o nosso) de outra forma, talvez não redondo e sim em pequenas partes. Tipo um quebra cabeça que a gente monta depois de grande.
Estou feliz. Hoje, eu não pertenço a sua felicidade, aos dias bons que você tinha, as grandes coisas que você conquistou mais sei que estou como queria estar e da forma que eu queria fazer…

O Problema: Você.

A verdade é que transferi toda sua incapacidade, mentira, decepção, arrogância, infidelidade, etc e etc para mim mesma. Eu realmente estava pensando em te ligar ou te procurar nos bares que a gente frequentava, para dar minha cara a tapa mais uma vez.
Estava disposta a retirar todas as ofensas, rejeições, inconstâncias para continuar com você.                                                                                                                                                  Uma semana de pura tortura. Olhar no espelho e ver sua imagem. Dormir e sonhar com você. Eu quase enlouqueci…
Fiquei calada todos os dias, pensando, refletindo, juntando, arrumando e todo mundo percebeu, mais ninguém se lançou a perguntar. Até achei melhor, porquê você sabe que eu odeio ficar me explicando, dizer que sinto tudo ou nada. E você sabia…
Confusão do dia a dia, tento trabalhar, estudar, fazer mil coisas ao mesmo tempo para não pensar na tragédia lançada sobre nossas vidas: INFIDELIDADE, INSEGURANÇA.
Em todas as horas como você sempre soube, eu me pego conversando com Deus. Pedi que me guiasse e te protegesse. Que na nossa caminhada não foi fácil, eu reconheço. Foi aí que as lamparinas do meu juízo ascenderam. Aliás, acendeu não, brilhou… você também se lembra muito bem sobre isso. Fiquei pedindo a Deus que me mostrasse um caminho, uma saída e ela chegou.
Era 12:15, depois de não querer te lembrar recebo uma mensagem de um número desconhecido,”desejando aos amigos” uma feliz pascoa, e junto a dela arrogância e ego. Eu não tive dúvidas que era você…
Ai eu percebi que o problema não era eu ou realmente meu… SEMPRE SERÁ VOCÊ.
Me sinto bem, muito bem. Livre e feliz dos pensamentos e angústias que não me pertencia.

 

 

 

 

Antes De Qualquer coisa

“Pisando descalso nesse chão molhado…”

O sol entrava pela fresta da janela. Acordei com aqueles raios iluminando meu rosto. Fiquei sentada por quase uma hora na cama depois da noite passada. Minha cabeça só tinha lembranças do passado tão presente. Então escovei meus dentes, coloquei aquele vestido branco e resolvi ver sol bem de perto. No caminho para a praia, que era duas quadras da minha casa fui lembrando dos seus olhos, da sua boca… a seu cabelo. Sim, o seu cabelo com aquele volume que só ele tinha, negros como um carvão e liso como seda. Era tão real. Faço questão de passar as férias aqui, e sei que só aqui vou conseguir ter a sensação da sua presença comigo. Acho que você não sabe o quanto foi difícil te dizer adeus. Mais difícil ainda era te ver indo para outros horizontes e só conversar com você em dias sim e vários dias não, até o dia que as nossas vidas acabou sendo cruzadas por outras pessoas. Já não era mais as minhas mãos que você segurava e nem o seu cabelo que eu me enroscava. Muito menos o seu peito para deitar e você as minhas coxas para segurar. A mesa de bilhar de casa já não possui o mesmo som. A escada da varanda já não tem a mesma cor. A cerveja na geladeira fica por meses. Em cada canto dessa cidade, da minha casa, da praia, das pessoas existe um pouco ou muito de você. Continuo aqui, indo e voltando sempre que posso, para não deixar as boas lembranças morrer. Você foi importante e continuará para sempre! Espero te reencontrar logo, aqui ou nas próximas vidas.

Refazer…

  Voltou para casa. Não, não a casa dela mas a casa dos pais. Difícil decisão, só que naquele momento não existia outra opção.
  Depois de passar dias e horas sentada ou andando de um lado para o outro, ainda em choque, anestesiada mediante aquela situação, não restava mais nada a fazer.    Tudo que ela precisava, era de um colo para chorar e colocar tudo aquilo que morria dentro do seu ser para fora.
  Aos poucos foi se desfazendo de cada detalhe, as fotos, os quadros, os bilhetes no criado, as toalhas penduras no box… Até mesmo a última joia guardada ainda na caixa.
  Não foi fácil, não é fácil. O pior ou melhor ainda estava por vir. Voltar para casa dos pais, talvez o lugar de onde nunca deveria ter saído. Não tocou no assunto por dias e parecia não estar vivendo aquela situação.

12 DE OUTUBRO

Apesar de o 12 de outubro ser um dos feriados mais aguardados pelos brasileiros, poucas pessoas sabem porque ele é comemorado em todo o país. Não é pelo Dia das Crianças. E sim, por conta de uma celebração católica: a data presta homenagem à Nossa Senhora imagem da santa negra foi encontrada em 1717 por três pescadores, no Rio Paraíba (SP), chamado à época de Rio Itaguaçu. Eles tentavam há horas, sem sucesso, fisgar algum peixe. Em determinado momento, ao puxarem a rede de pesca, içaram uma imagem de santa degolada. Em nova tentativa, a rede trouxe a cabeça que faltava

A partir desse momento, as redes dos três pescadores ficaram cheias de peixes. Para eles, foi um milagre da santinha resgatada. Ao limparem a escultura, perceberam que a imagem era de Nossa Senhora da Conceição, mas estava com cor escura devido ao contato com a lama do fundo do rio. Então, passaram a chamá-la de Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Começava assim a história de devoção àquela que viria a ser consagrada padroeira do Brasil.

Em 1954, o papa tornou a data comemorativa à Nossa Senhora Aparecida (aniversário do aparecimento da imagem milagrosa no rio). Em 30 de junho de 1980, foi publicado o Decreto nº 6.809, no qual o último general-presidente da República do país, João Batista Figueiredo, tornou o dia da descoberta feriado nacional, em consagração à Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil.

Obrigada mãe querida !

Salve Nossa Senhora !

Obs: Amigos não causar nenhum transtorno. Só quero dividir com vocês a minha devoção.Espero a compreensão e respeito. Obrigada !

É Profundo.

  Tá tudo tão vazio e você não está aqui.    Eu fico me perguntando em qual lugar novamente vou te encontrar e viver tudo aquilo que não vivemos.                                A nossa cama tá cheia de nós dois e tão vazia de você.